Cabeça Parabólica

by Ganeshas

/
  • Streaming + Download

    Includes high-quality download in MP3, FLAC and more. Paying supporters also get unlimited streaming via the free Bandcamp app.

      name your price

     

1.
03:26
2.
3.
4.
03:40
5.
04:06
6.
04:29
7.
03:26
8.
9.
10.
03:51

credits

released November 5, 2013

Lançado em 5 de novembro de 2013

Gravado, mixado e masterizado no Estúdio Versão Acústica (São João Nepomuceno, MG) entre dezembro de 2012 e abril de 2013.

Produzido por Luã Yvys e Nando Costa
Arte da capa: João Miller

tags

license

all rights reserved

about

Ganeshas Rio De Janeiro, Brazil

contact / help

Contact Ganeshas

Streaming and
Download help

Track Name: Longe do Rio
1) LONGE DO RIO
(Brenno Quadros / Bruno Keleta)

Vez em quando, longe do Rio
Me sinto longe de casa
Eu me sinto triste
Triste

Vez em quando, longe do Rio
Enquanto o tempo não passa
Eu me sinto triste
Triste

Vê, lá fora tudo é tão frio
Sem você do meu lado
Eu me sinto triste
Triste

É só de pisar no Tom Jobim
Meu peito aperta e é feito bala de festim
Não importa pra onde eu vou
Na hora eu tô triste
Triste

E eu sei que todo mundo também fica
Eu sei que todo mundo também fica
Track Name: Rua Araucária
2) RUA ARAUCÁRIA
(Brenno Quadros / Bruno Keleta)

O nosso amor
É como um filme do Godard
Mal o plano começou
E você já vem cortar

O nosso amor
É como um filme do Truffaut
Pode ser em casa
Ou no banco do Peugeot

O nosso amor é um suspense
Digno de Hitchcock
E enquanto a gente assiste
Eu ainda te dou uns “toque”

O nosso amor
Não tem explicação

O nosso amor não tem efeito,
Figurino ou Marlon Brando
Mas quando a gente briga
Fica tudo em preto-e-branco

O nosso amor
Não tem explicação
Track Name: Ele Não Sabe Dançar
3) ELE NÃO SABE DANÇAR
(Brenno Quadros / Bruno Keleta)

Se a banda toca um rock
Um frevo, um reggae ou um pop
Fica sentado, sozinho e calado
Ele não sabe dançar

Se a roda leva um samba
Ele logo se manda
Inventa desculpas ou vai pro banheiro
Ele não sabe dançar

Se o trio leva um xote
Daqueles bem agarrados
Não adianta, ele não leva jeito
Ele não sabe dançar

A solução é ser o cantor
Pra fazer os outros dançarem
A solução pra aliviar a dor
É animar o povo do baile
Animar o povo do baile

E fica logo infeliz
Quando entra o som dos Bee Gees
Não é John Travolta e todos em volta dizem:
Ele não sabe dançar

Quando elas vão ao céu
Ao som do Carlos Gardel
Ele sai tropeçando, assassinando o tango
Ele não sabe dançar

Se a banda toca uma bossa
Ele já entra na fossa
Afoga as mágoas no uísque com gelo
Porque não sabe dançar
Track Name: Navegador
4) NAVEGADOR
(Brenno Quadros / Bruno Keleta)

Olhei o futuro
Vou lhe avisar
Quem aponta esse leme
Uma parte é o homem
E a outra é o mar

E agora, que o medo não se foi?
E agora, que o barco já correu?
Quem muito sonha com o tesouro
De castigo perde o ouro
Eu digo:

Pra navegar
Pra navegar
Saiba é preciso crer
No que você foi feito pra fazer
Na solidão do mar

Quando sente a correnteza
E a força da maré
O homem não se desespera
Quando vê domina a fera
O que der e o que vier

E ao chegar ao porto
Logo tentam derrubar
Alguns dizem que é sorte
Outros querem sua morte
Eu digo:

Pra navegar
Pra navegar
Saiba é preciso crer
No que você foi feito pra fazer
Na imensidão do mar

Viver é como navegar
Pode ser preciso, amor
Se o tempo ajudar
Track Name: Ano Novo
5) ANO NOVO
(Brenno Quadros / Bruno Keleta)

E agora que chegou o fim do ano
A gente reescreve os nossos planos
Pensando que vai ser tão diferente
Daquele que passou

Quem sabe com essas metas bem traçadas
Talvez com essa lista organizada
Torço pra que seja diferente
Vai ser bem melhor

Veja, veja
As rodas vão seguir girando
Mesmo sem nós dois

A casa própria, o carro e o cachorro
São tantos sonhos nesse ano novo
Mas não dependem só da gente
É pena, meu amor

E aquele nosso plano de viagem?
Esquece, vê se deixa pra mais tarde
Você sabe muito bem
Não tá fácil pra ninguém

Veja
Tudo continua
Mesmo depois de perceber
Que tudo acabou

Veja
Tudo continua
Mesmo depois de perceber
Que o sonho acabou
Track Name: Da Panela
6) DA PANELA
(Brenno Quadros / Bruno Keleta)

Da receita ao prato
Na panela de barro
Guarda nossos segredos
Shoyu ao dendê

Tudo vira semente
Pro tempero da gente
O arroz e o feijão
Fecham o sabor

Fica o laço do ensino
Mãe que mostra ao menino
Mão que ajuda a mexer
Faz a refeição

Ainda sentem o gosto
Ainda sentem o cheiro
Na lembrança de todos
Vive após, se for

Pois vá com fé
Aqui fica o seu lugar
Pois vá com fé
Aqui fica o seu lugar
Está de pé, em pé, mas em pé só vai ficar
Quem alimenta a construção
Track Name: Nair
7) NAIR
(Brenno Quadros / Bruno Keleta)

Olha, Nair
Ninguém vai perdoar
É tudo mentira
E vem quando falta o ar
Portanto, Nair
Ter fé é como amar
Quem por ti só guarda desprezo
E ingratidão

Olha, Nair
Hoje eu só vou chorar
A casa vazia
Um dia já foi um lar
As histórias que guarda
E adoraria contar
Quando abrem suas portas
É tudo em vão

Olha, Nair
Ninguém vai perdoar
É tudo mentira
E vem quando falta o ar
Portanto, Nair
Ter fé é como amar
Quem por ti só guarda desprezo
Hoje voltas ao chão
Track Name: Acordar Junto
8) ACORDAR JUNTO
(Brenno Quadros / Bruno Keleta)

Acordar junto é bem melhor
Quando dois são um só
Quando dois são um só

Acordar junto cai bem
Se tem alguém que quer
Acordar junto com você

E lá pela manhã
Eu vou entardecer
Com quem se quer noitar
Track Name: Cabeça Parabólica
9) CABEÇA PARABÓLICA
(Brenno Quadros / Bruno Keleta)

Sinto lhe informar
Troquei de provedor
Eu não consigo me concentrar
Eu não consigo me concentrar
Eu não consigo

Sinto lhe informar
Já não vejo o sol se pôr
Seja no Rio ou no Amapá
Eu não existo em outro lugar
Eu não consigo

Quando as ondas disputam lugar
E um curto-circuito se instala na transmissão
As ideias correm nos fios
As ideias correm no ar
As ideias correm nos fios
As ideias vão se enroscar
Cabeça parabólica
Track Name: Outro Mundo
10) OUTRO MUNDO
(Brenno Quadros / Bruno Keleta / Felipe Genes)

Eu vim ao mundo sem saber
Onde está
Um outro mundo devagar
Tão meu, tão seu
Já vou sem correr
Quem corre é o tempo só

Eu vim ao mundo sem saber
Onde está
Num outro mundo, meu lugar
Tão meu, tão seu
Sem ter ou não ter
A pressa nos deu um nó

E quem disser que eu vou errado assim
E quem disser que eu sou ruim
Não sabe de cor
Que a felicidade
Vem quando o mundo cai por um segundo
E vai levando junto a luz da cidade